contos3

Eis aí a minha maior seqüência de ilustração editorial já publicada:
Revista Mundo Estranho, Edição 98, matéria de capa: “A origem sangrenta dos contos de fada

Foi uma trabalheira do cão e alguns eventos inesperados contribuíram acertivamente para sua finalização. O Mais bacana deles foi o que quase dá pra chamar de ‘crise elétrica da asa norte’, pois toda vez que chovia aqui, faltava luz. No dia que eu tinha que ampliar e imprimir os esboços para finalizá-los no dobro do tamanho, os aparelhos estavam inanimados pela crise. Daí então finalizei-os diretamente sobre o esboço original. Isso agilizou, e tornou o processo mais orgânico, mais concentrado de grafite. Porém os desenhos foram feitos na metade do tamanho que sai na impressão e isso ferrou um pouco com a vida do designer -grande Bernardo Borges- na hora de encaixar os textos.

Fiz uma reunião em SP com o pessoal da ME, foi bem bacana, todo mundo tranqüilo e aberto quanto ao conteúdo, me receberam e me abrigaram suuper bem, meu! Inclusive dá pra vcs conhecerem essa rapaziada bem aqui – essa bagaça tecnológica do twitter que eu nunca entendi- mas rola um videozinho do pessoal da ME respondendo perguntas dos leitores e logo no começo eles falam bastante dessa reportagem de capa, mostram alguns esboços e tal.

O processo dessas ilustrações passeou por várias censuras, estou organizando todas as versões para um futuro post.

Para ver as ilustrações separadamente e sem o texto, visite o meu flickr.

Compartilhe:

  1. Muito interessante a matéria, estou realmente surpreso! o.o”

    Thales
  2. caraba muito massa quem dira que essas historias pras crianças tivessem origem tão aterradoras

    flavia
  3. Adorei a revista! Matéria muuuito legal, só faltou por a capa da revista aqui tb. Muuuito cabulosa. Parabéns pela arte da matéria!

    DAni
  4. gente o que é isso histórias demoniacas feitas para crinças

    vitória
  5. muito loko, revista muito show gostei me surpreendi

    matheus f
  6. Nossa! Que coisa mais interessante esta matéria. Jamais imaginei que a origem de tais histórias pudesse ser tão sangrenta, apesar de achar estranho e suspeito uma canção infantil dizer “Atirei o pau no gato, mas o gato não morreu…”. Parabéns pela revista.

  7. ♥Um dia na aula meu professor de portugues levou essa revista, mas so vimos a capa (assustadora). Certas origens de algumas delas eu ja sabia, tipo Alice, Chapeuzinho Vermelho e os tres porquinhos, mas as outras… A revista ta de parabens, materia super legal. ♥

    Kelly
  8. Aposto que nossos pais ao contarem essas histórias pra gente nem desconfiava das suas origens. Só a da bela adormecida que é meio maluca, tipo: como ela conseguiu manter a gravidez? muita mentira! Até porque como as crianças iriam sair sozinhas da barriga dela? só se for por milagre, ou o pai ia visitá-la constantemente e fez o parto. Bom, achei que tem algumas coisas aí que não fazem muito sentido, mas a idéia de procurar a origem das histórias foi ótima :D

  9. Essas origens são muito show, melhor que as tradicionais.Algumas eu já sabia pq minha amiga Kelly já tinha me contado no colegio outras não.São d+.

    Maria cecília
  10. parabens so falta uma editora (re) lançar essa versoes,
    eu lembro que passava
    O anime do Pinóquio em japonês, era muito triste, foi feito a partir do conto do italiano Carlo Collodi. As aventuras eram bem dramáticas, triste e sombrias, a tendência de alguns animes japonês se aproximavam da realidade fazendo as crianças derramarem lágrimas.

    No primeiro episódio Gepeto um idoso marceneiro, deseja muito ter um filho, mas como vive sozinho constrói um boneco da madeira de um tronco de um carvalho da árvore mágica. A Fada do Carvalho Mágico com sua bondade dá a vida ao boneco, e promete que se Pinóquio for uma boa pessoa e mostrar que tem um bom coração será transformado em gente humana no futuro. A Fada do carvalho avisou a ele não contar mentiras aos outros, como castigo seu nariz começará a crescer, mas sempre ele aprontava suas travessuras e a Fada tinha que vir para conserta o seu nariz. Tinha também um grilo que sempre aparecia para o boneco, dando conselho a ele. Mas Pinóquio sofreu muito ele sempre falava para seu Vovôzinho Gepeto, ninguém quer brincar comigo, eu queria tanto ser um menino de verdade.

    Tem alguns episódios que foram muito triste como aquele em que Pinóquio tem os seus pés e parte da perna queimados pelo fogo, e aquele que Gepeto leva uma surra de vara dos piratas. Em algumas aventuras apareciam bruxas e seres diabólicos.

    Brasil : Pinóquio
    Japonês : Kashi no Ki Mockku
    Inglês : Mock, the Oak tree
    Espanhol : Pinnochio ou Piccolino
    Ano : 1972
    Produção : Toei Animation
    Números de episódios : 52
    Quantidade de DVDS 7 o anime está incompleto e conta com a 2° dublagem em portugues
    Qualidade do video: VHS RIP box nunca lançado no Brasil

    claude forgeron
  11. boa historia para se contar enquanto pega no sono. ..
    (era oq toda crianca deveria ouvir)

    Myr
  12. Eis entao o dono dessa obra prima!
    Cara, se voce soubesse como eu me encantei com esses contos de fada! Muito melhores do que os originais… haha
    Quando eu estava passando na banca de jornal e vi a capa com a foto da chapeuzinho comendo a propria vozinha… hahah. tive que comprar na hora!
    Emprestei a revista para um amigo do trabalho e ele tambem adorou, disse ate que ficou meio ‘sombrio’ por uns dias… querendo cozinhar as pessoas e coisas do tipo.. hahahah!
    Mas meu, parabens! Materia perfeita!
    Abraços e sucesso.

    rachel
  13. Que surpresa esses comentários todos! Obrigado por visitarem e darem seu parecer, espero que se sintam a vontade para voltar sempre. E Claude Forgeron, obrigado pelo toque do pinoquio, não sabia que tinha anime. Eu pesquisei a historia dele e é bem interessante mesmo, é um muleque muito mais marrento e incosequente -uma madeira mágica que o gepeto começa a esculpir e conforme ele lhe dá braços e pernas é esmurrado e chutado pelo boneco-. Li que existe um filme …acho que é do ou com o Roberto Benini… é aquele da ‘A Vida é Bela’, que resgata esse texto original do Pinoccio.
    Abraço a todos,

    Belga

  14. (tenso) Caraca! Eu sempre imaginava q por detras da historia da Chapeuzinho Vermelho tinha alguma coisa mas não nas otras! Tá que, um garotinha viver entre sete homenzinhos tb num é algo muito inocentes né? acho q nessa matéria só faltou a do Peter Pan, que tb deve ter alguma coisa º_º

    CArlos
  15. muito legal mais eles muidarao a historia e pra mim essa nao e a historia verdadeira ta bom eu amo desenhos animados!!!!!!!!!!

    graziela
  16. Nossa, fiquei impressionada! Algumas eu já sabia, da Chapeuzinho eu desconfiava há tempos, mas não imaginei que as histórias do nosso folclore também fossem tão sangrentas. Adorei!

    Lua
  17. Nussss,muito louca as origens dos contos…ameiiii
    melhor do que os contos atuais!!!

    Nay
  18. gente estou facinada me deu ate medo estou tremendo como eu ouço conto de fada des de bebe

    belly
  19. nossaa velhoo eu fiquei super arrepiada.. meu profeessor ja tinha falado com era arrepiantes essas historias, mais eu nunca levei a serioo.. hoje q eu fui cair na real…Isso e´bom.. pra pai nenhum contar mitos pros filhos…a materiaa ta de mais.. amei muitaoo!! Obrigada por mostra q” o mundo naum e´cor de rosa”!!!

    sara
  20. no muito legal eu vi na veja a capa dessa revista e resolvi pesquisa e fiquei de boca aberta com isso quem diria a chapelzinho vermelho,a bela adormecida!!! agora que essa materia fantastica foi publicada as historias infantins nunca mais serão as mesmas!!!!

  21. Eu tive que levar essa revista para um trabalho de escola, tivemos que ler para todo o colegio, des de o maternal a o ensino medio.

    Fernanda
  22. é isso que mostra arealidade dos contos da fada, e é super interessante. As crianças devem ler isso para saber o que se esta falando nestas historias . E devem saber que o peixe da Ariel tem o mesmo nome do diabo lucifer.

  23. É super legal igual a restart. Essa revista e d +

  24. Seria melhor se desse para ler as histórias, e não só ver as imgens.

    Thales
  25. sobre a chapeuzinho vermelho já esperava algo mais violento, o curioso é que em latin loba é prostituta o que pode nos levar a entender que lobo em latin não deve ser algo lá muito bom. essas historias são todas de origem medieval onde crianças com 7 anos tem que ser adultas, nada mais natural. Hoje é horrivel naquela epoca era normal.

    Fábio
  26. Minha infância acabou

  27. Esse Fábio é uma bicha… e o que você tem contra prostitutas, seu mané de merda???

  28. Estragou minha infancia eternamente…..

  29. Eu sempre tive medo de contos de fadas, na infância fiquei sem dormir depois de ler chapéuzinho vermelho e ver ilustrações aterrorizantes de um lobo com a barriga costurada cheia de pedras, a ME só me deu a resposta pra todo esse medo, quando vi essa capa tive que comprar.

Leave a Comment

*